top of page

Natal vai sediar a I COP Potiguar do Clima


Já está marcado. Nos dias 13 e 14 de abril, Natal será palco da I Conferência Potiguar do Clima, que reunirá especialistas, ambientalistas, representantes de cada um dos 167 municípios do estado, além de estudantes, sindicalistas, entre outros agentes da sociedade para discutir os desafios e as possíveis soluções para o enfrentamento da grave crise climática que vive o planeta, especialmente no semiárido potiguar. “Precisamos contribuir com ações práticas para a atração de recursos e parcerias para implementar estratégias de conservação e uso sustentável da nossa biodiversidade. Um dos objetivos principais da Conferência será unir esforços para a multiplicação de centenas de viveiros de árvores nativas em todas as regiões do Rio Grande do Norte com fontes de fomento para plantarmos 5 milhões de mudas no RN. Para isso, precisamos ter respaldo do poder público e incentivar as famílias, escolas e empresas a abraçarem o desenvolvimento da flora local”, destacou um dos coordenadores da Conferência, Professor Robério Paulino, da UFRN. Instituições como a Assembleia Legislativa, o Governo do Estado, o Ministério Público, Idema e Tribunal de Justiça também receberam ofício convidando para participarem da realização da COP Potiguar. Já confirmaram presença a Prefeitura do Natal, a Câmara Municipal de Natal, a Femurn, UFRN e o IFRN. “Estamos sempre atentos a essa temática que é muito cara e de extrema relevância, por isso aceitamos de pronto o convite para sermos parceiros na realização da Conferência. Discutir questões climáticas, engloba pensar nas florestas, nas energias renováveis, nos minérios que são finitos e essenciais à vida. Nós temos muitos cursos que dialogam com esse tema nos nossos 22 campi”, ressaltou o reitor do IFRN José Arnóbio. Para a UFRN que sediará o evento, a hora agora é de concluir a programação que promete trazer para Natal nomes de destaque nacional. “Estamos na etapa de planejamento, pontuando os principais temas que discutiremos na COP Potiguar. Em breve, divulgaremos mais informações sobre inscrições e toda a programação que será elaborada com a participação dos órgãos parceiros.” Ressaltou o pró-reitor de extensão, Graco Câmara. Brevemente serão divulgados os critérios para a eleição de delegados. A Mata Atlântica e a Caatinga estão entre os biomas mais ameaçados do planeta e, nos últimos anos, o processo de desmatamento e desertificação só aumentou. Daí a urgência de realizar um encontro propositivo e resolutivo com participação ativa de gestores, ativistas e estudiosos do assunto. “Temos ações que primam não apenas pelo crescimento e estruturação da cidade, mas sobretudo pelo bem-estar das pessoas, como o investimento em arborização, pelo programa Planta Natal. Nesse sentido, receber a Cop Clima Potiguar será, além de uma honra, uma excelente oportunidade para trocas de experiências na área de sustentabilidade. Esperamos bons debates e soluções que insiram Natal num futuro moderno e de boas práticas ambientais”, declarou o prefeito Álvaro Dias. A COP Potiguar conta com uma Comissão Organizadora, que está pronta para receber sugestões e esclarecer dúvidas sobre os detalhes da Conferência. Caso queira entrar em contato, mande mensagem para a jornalista Glacia Marillac ou para a coordenadora do Arboriza Natal, Professora Vania Alberton, no telefone: (84) 987355400.



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page